Conectar-se ou desconectar-se – eis a questão

“De um lado, nós temos a necessidade de nos conectar com o mundo exterior. De outro, também necessitamos de tempo e espaço para nós mesmos. A chave é buscar equilíbrio entre as duas coisas”

William Powers, jornalista do Washington Post e autor do livro Hamlet’s BlackBerry. A Época Negócios traz alguns dos principais insights da obra, que versa sobre o uso equilibrado da tecnologia.

Imagem via

Morre o escritor Moacyr Scliar

 

Moacyr Scliar sempre escreveu com a postura de médico: um pé atrás para observar o mundo, a coragem de meter as mãos nas piores partes do humano, a decisão de, mesmo nas horas difíceis, não se afastar da realidade. Foi assim, deslocado de seu centro, mais como observador que como inventor, que escolheu a literatura. Ainda menino, gostava de ir ao pronto-socorro do Bom Fim, reduto porto-alegrense da colônia judaica, para observar o atendimento aos pacientes e seu sofrimento. Nunca fugiu da dor. Sem ser hipocondríaco, sofria muito, desde cedo, com as doenças dos pais, que lhe despertavam medo e atração. O interesse pela dura verdade do corpo o levou à medicina, em que se formou em 1962.

Via O Globo. Li vários livros dele: O Olho Enigmático, O Exército de Um Homem Só, Os Vendilhões do Templo e A Orelha de Van Gogh, o meu favorito do autor. Adorava principalmente seus contos. Nos textos curtos, era mais nítida a influência do genial Franz Kafka e do grande Júlio Cortázar.

Imagem via Flickr de cpfl cultura

Google eBooks

Vídeo explicativo sobre o novo serviço da Google. A livraria digital da gigante da internet foi lançada com mais de 3 milhões de livros.

Mesmo antes do lançamento da loja virtual, dava para consultar gratuitamente muitos títulos em português por lá. Como várias obras de Pierre Lévy: A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço; O que é o Virtual?Cibercultura.

Veja também
Literatura & internet
Como criar livros digitais